Médico de Bolsonaro descarta cirurgia; ainda não há previsão de alta

 

O médico Antônio Macedo descartou uma intervenção cirúrgica em Jair Bolsonaro, após o presidente da República apresentar uma obstrução no intestino, o que o levou a ser internado no hospital Vila Star, em São Paulo, na segunda-feira (3). 

 De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Bolsonaro reagiu bem aos remédios que recebeu e, portanto, uma intervenção não seria mais necessária neste momento. A decisão já foi comunicada por Macedo a colegas da equipe médica, mas ainda precisa ser confirmada oficialmente.

 No boletim emitido pela unidade médica na noite de ontem, dizia que ainda não havia avaliação definitiva quanto à necessidade de intervenção cirúrgica e que não há previsão para alta médica. 

 Fonte: Bahia Notícias



Nenhum comentário: