Pular para o conteúdo principal

Anvisa aprova uso e comercialização de autoteste para covid-19

 

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou hoje (28), por unanimidade, o uso e a comercialização, no Brasil, de autotestes para detecção de covid-19. 

 A aprovação ocorre após o envio de informações pelo Ministério da Saúde a pedido da Anvisa que, em 19 de janeiro, solicitou esclarecimentos a respeito da inclusão do autoteste nas políticas públicas de testagem para covid-19 e também sobre o registro de casos positivos. 

 Registro 

Com a aprovação desta sexta-feira, a agência vai publicar uma resolução com os requisitos necessários para que as empresas interessadas em vender os autotestes em farmácias peçam o registro dos produtos.

 Isso quer dizer que os autotestes não devem estar disponíveis de imediato ao público final, pois, para que cheguem às farmácias, cada produto, de cada fabricante ou importador, deve ainda ser aprovado individualmente pela Anvisa, após análise de ampla documentação.

 Requisitos 

Um dos requisitos para aprovação de cada produto, de acordo com o voto da relatora do tema na Anvisa, diretora Cristiane Rose Jourdan Gomes, é que os autotestes tragam informações, com linguagem clara e precisa, orientando o público leigo sobre como colher adequadamente o material biológico e fazer o exame.

 Outro requisito é que os produtos tenham sensibilidade de 80% ou mais ao coronavírus e que possuam especificidade de no mínimo 97% na detecção do vírus, de acordo com o voto da relatora. 

 Entenda 

A aprovação do autoteste ocorreu depois de o Ministério da Saúde se comprometer a incluir um capítulo sobre o assunto no Plano Nacional de Expansão da Testagem para Covid-19. Acerca do registro de casos positivos, foi considerado suficiente exigir que os fabricantes dos produtos disponibilizem plataforma para tal, por meio de tecnologia QR Code. 

 Ontem (27), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que os autotestes não devem ser disponibilizados pelo SUS e que a ideia é que estejam disponíveis em farmácias para quem “tiver interesse em adquirir”.

 Votos 

“Não resta dúvida de que o produto do diagnóstico in vitro na forma de autoteste pode sim representar excelente estratégia de triagem e medida adicional no controle da pandemia. Principalmente neste momento em que o contágio pela doença é grande e muitas pessoas não conseguem ter acesso aos testes pelo SUS ou por laboratórios da rede privada”, frisou a relatora do tema na Anvisa. 

 Cristiane Gomes destacou ainda que o autoteste tem sido elemento essencial no controle da pandemia em países como Alemanha, Reino Unido e Estados Unidos, onde são, muitas vezes, disponibilizados gratuitamente. 

 O voto dela foi seguido pelos demais diretores que participam da reunião extraordinária desta sexta-feira – Rômison Rodrigues Mota, Alex Machado e Meiruze de Souza Freitas. O diretor-presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres, não participou, por motivo de emergência de saúde na família. 

 Em seu voto, o diretor Rômison Rodrigues Mota disse que “o autoteste tem excelente aplicabilidade no contexto pandêmico, visto que permite o isolamento precoce de casos positivos e a quebra de cadeia de transmissão da covid-19”. 

 Ele destacou ainda dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), divulgados ontem, dando conta de altíssima demanda por testagem para covid-19. Segundo a entidade, entre 17 e 23 de janeiro, foram feitos um recorde de 740,7 mil testes em farmácias e drogarias, sendo que 43,14% resultaram positivos. 

 Preços 

Todos os diretores mostraram preocupação com o preço do autoteste, destacando que, para serem acessíveis ao maior número possível de pessoas, os preços dos produtos devem ser menores do que os praticados atualmente, tendo em vista que dispensam o fornecimento do serviço de coleta do material biológico.

 “Não há competência legal da Anvisa para estabelecer preços máximos. Contudo, entendo que é fundamental que os órgãos de proteção e defesa do consumidor continuem a realizar ações para coibir práticas de mercado que podem ser consideradas abusivas”, disse Rômison Rodrigues Mota. 

 Fonte: Agência Brasil



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bahia vence São Paulo e se aproxima do “PELOTÃO” DA SUL-AMERICANA

  Único gol da partida foi marcado por Rossi, aos 77 minutos da segunda etapa Jogando na Arena Fonte Nova, o Bahia bateu a equipe do São Paulo por 1 a 0, na noite deste domingo, e reencontrou o caminho dos triunfos.   O único gol da partida foi marcado por Rossi, aos 77 minutos da segunda etapa. Com o resultado, o Bahia saltou para 14ª posição, com 37 pontos. Agora, os comandados de Guto Ferreira visitam o Flamengo na próxima quinta-feira, às 19h, no Maracanã.   Agora, a equipe abriu seis pontos para zona de rebaixa mento e começa a sonhar com vaga na Sul-Americana, já que tem apenas um ponto a menos que o Atlético-GO, 12º colocado.  O jogo  Logo aos quatro minutos de jogo, Rigoni recebeu na área e soltou a bomba, mas a bola explodiu na zaga e sobrou para Miranda, que tentou empurrar para o gol, mas Luiz Otávio afastou o perigo. Aos 14, Juninho Capixaba recebeu no meio, arrumou para o pé direito, e bateu colocado. Volpi, bem colocado, se esticou para evitar o gol do Bahia.   Seis min

João Dourado: Com 86,8% de urnas apuradas, Di Cardoso vence eleição suplementar

  O candidato a prefeito de João Dourado Diamérson Costa Cardoso Dourado, o "Di Cardoso" (PL), já pode ser considerado vencedor da eleição suplementar ocorrida neste domingo (7). Com 86,79% das urnas já apuradas, o candidato já obtém 6.436 votos [56,81%] contra 4.913 votos [43,19%] de Abimael Dourado Lima Júnior, o Juninho (PSD).   Di Cardoso representava a chapa “Agora é com mais força” e reunia os partidos PL, PSB e PC do B. Di Cardoso havia vencido o pleito de novembro do ano passado, mas teve o diploma cassado, devido ao fato de ter a então candidata a vice-prefeita irregular.   Rita de Cássia Amorim Amaral, conhecida como Rita de Doutor Celso, tinha assumido a prefeitura em menos de dois meses para o pleito. Já a candidatura de Juninho (PSD) foi considerada irregular por conta da situação do seu candidato a vice à época, o ex-prefeito Antônio Rogerio Dourado Vasconcelos.  Uma perícia do Ministério Público Eleitoral teria constatado que a prefeitura, sob gestão de Vasconc

RG Expresso chega a todos os postos SAC da capital e interior

  O RG Expresso, serviço que possibilita ao cidadão solicitar a reimpressão da carteira de identidade sem precisar sair de casa, já está disponível em todos os postos SAC da capital e interior. Ao optar pelo RG Expresso, basta ir ao posto SAC só uma vez, apenas para receber o documento já pronto. Sem o RG Expresso, o cidadão precisa ir duas vezes ao posto SAC.   O RG Expresso é feito online, por meio do SAC Digital. O cidadão solicita pela internet ou pelo aplicativo, e depois agenda dia e horário para buscar o documento no posto SAC escolhido, após o pagamento da taxa de R$ 39,39. Para solicitar o RG Expresso é preciso que a carteira de identidade tenha sido emitida há seis anos, no máximo.   Vale salientar que o RG Expresso mantém a data de expedição da última via solicitada, além da data do novo pedido. O prazo máximo de recebimento é de cinco dias úteis na capital e sete no interior. Em Salvador, região metropolitana (RMS) e interior, todos os 36 postos SAC estão aptos a entregar o