Pular para o conteúdo principal

Produzidos em Xique-Xique, 40 mil alevinos de tilápia para associações de municípios do Médio São Francisco baiano

 

Com o objetivo de fortalecer a piscicultura familiar e artesanal no Médio São Francisco baiano, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) entregou cerca de 40 mil alevinos de tilápia para associações comunitárias dos municípios de Bom Jesus da Lapa e Serra do Ramalho, área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Companhia, sediada em Bom Jesus da Lapa. 

 Dos 40 mil alevinos, 32 mil foram destinados ao município de Serra do Ramalho, sendo entregues 22 mil para a associação de Palmas e Passos e Boa Vista e outros 10 mil para associação de agrovilas. Os outros oito mil foram destinados à associação de Juazeiro do Corrente, do município de Bom Jesus da Lapa. A ação beneficia diretamente 40 famílias de piscicultores. 

 “Os alevinos serão distribuídos nos tanques das famílias. Lá, a gente cultiva, cria e, depois da produção, usamos para venda e consumo. Economicamente, a piscicultura tem sido boa para nós. Conseguiu aumentar a renda das famílias, que na maioria são de baixa renda. A Codevasf sempre está presente com a gente. Nunca deixa faltar assistência”, diz Tiago Lopes, da Fazenda de Juazeiro do Corrente, de Bom Jesus da Lapa. 

 “Temos vários tanques em nossa comunidade. Estamos nos organizando. Já temos várias pessoas iniciando na atividade. Nossa vontade é que consigamos sempre um suporte da Codevasf e do governo para alavancar a nossa produção. A piscicultura tem sido um grande suporte para as famílias com a renda que é agregada por meio da atividade”, diz Paulo Ramos, da comunidade de Capão Preto, de Serra do Ramalho. 

 “Dentre as atividades de inclusão produtiva apoiadas pela Codevasf na região de Bom Jesus da Lapa, a piscicultura tem sido uma das que mais se destacam, pois tem permitido a produção de peixes em quantidade e com qualidade, tanto para o consumo próprio quanto para a comercialização do excedente, gerando ocupação e renda aos piscicultores e ofertando fonte de proteína animal saudável à população”, comenta Harley Nascimento, superintendente regional da Codevasf. 

 Fortalecendo a piscicultura 

 Os alevinos entregues às associações comunitárias foram produzidos no Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique, vinculado à 2ª Superintendência Regional da Codevasf. 

 “Esse peixamento é uma forma de fortalecer a cadeia do pescado na região, incentivando à criação, como fonte de renda e alimento. A Codevasf segue com ações que fortalecem a piscicultura na região. É bom acrescentar que continuamos com os cursos de beneficiamento de pescado e aproveitamento de sobras, como forma de fechar o ciclo que se inicia com a entrega do alevino e orientações para o cultivo”, diz Isabel Denis, técnica da Unidade de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Bom Jesus da Lapa. 

 Os piscicultores da região de Palmas e Passos e Boa Vista já receberam cursos de piscicultura, totalizando 40 horas, com 15 pessoas capacitadas. 

 “Colocamos os peixes nos tanques, primeiramente no berçário, depois nos tanques de engorda. A cada 30 dias fazemos o acompanhamento e, no final do ciclo, beneficiamos o pescado e também vendemos in natura. Vendemos também para a merenda escolar. Essa ação melhora a vida financeira e a alimentação do piscicultor e traz muito emprego e renda para as famílias da associação”, diz Claudemir Brito, conhecido como Neto, presidente da Associação de Pequenos Produtores Rurais de Palmas e Passos. 

 “A Codevasf é uma grande parceira e tem uma importância muito grande nesse projeto na nossa comunidade porque nos orientou desde a abertura dos tanques, realizando capacitação, doação de alevinos, nos apoiando no aprendizado do beneficiamento, além das orientações para comercialização. Se não fosse a Codevasf, não estaríamos tão capacitados. Também já recebemos mais de 500 mil alevinos, o que nos traz uma economia muito grande no final do ciclo”, complementa Neto. 
 Fonte: Ascom -Codevasf


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bahia vence São Paulo e se aproxima do “PELOTÃO” DA SUL-AMERICANA

  Único gol da partida foi marcado por Rossi, aos 77 minutos da segunda etapa Jogando na Arena Fonte Nova, o Bahia bateu a equipe do São Paulo por 1 a 0, na noite deste domingo, e reencontrou o caminho dos triunfos.   O único gol da partida foi marcado por Rossi, aos 77 minutos da segunda etapa. Com o resultado, o Bahia saltou para 14ª posição, com 37 pontos. Agora, os comandados de Guto Ferreira visitam o Flamengo na próxima quinta-feira, às 19h, no Maracanã.   Agora, a equipe abriu seis pontos para zona de rebaixa mento e começa a sonhar com vaga na Sul-Americana, já que tem apenas um ponto a menos que o Atlético-GO, 12º colocado.  O jogo  Logo aos quatro minutos de jogo, Rigoni recebeu na área e soltou a bomba, mas a bola explodiu na zaga e sobrou para Miranda, que tentou empurrar para o gol, mas Luiz Otávio afastou o perigo. Aos 14, Juninho Capixaba recebeu no meio, arrumou para o pé direito, e bateu colocado. Volpi, bem colocado, se esticou para evitar o gol do Bahia.   Seis min

João Dourado: Com 86,8% de urnas apuradas, Di Cardoso vence eleição suplementar

  O candidato a prefeito de João Dourado Diamérson Costa Cardoso Dourado, o "Di Cardoso" (PL), já pode ser considerado vencedor da eleição suplementar ocorrida neste domingo (7). Com 86,79% das urnas já apuradas, o candidato já obtém 6.436 votos [56,81%] contra 4.913 votos [43,19%] de Abimael Dourado Lima Júnior, o Juninho (PSD).   Di Cardoso representava a chapa “Agora é com mais força” e reunia os partidos PL, PSB e PC do B. Di Cardoso havia vencido o pleito de novembro do ano passado, mas teve o diploma cassado, devido ao fato de ter a então candidata a vice-prefeita irregular.   Rita de Cássia Amorim Amaral, conhecida como Rita de Doutor Celso, tinha assumido a prefeitura em menos de dois meses para o pleito. Já a candidatura de Juninho (PSD) foi considerada irregular por conta da situação do seu candidato a vice à época, o ex-prefeito Antônio Rogerio Dourado Vasconcelos.  Uma perícia do Ministério Público Eleitoral teria constatado que a prefeitura, sob gestão de Vasconc

RG Expresso chega a todos os postos SAC da capital e interior

  O RG Expresso, serviço que possibilita ao cidadão solicitar a reimpressão da carteira de identidade sem precisar sair de casa, já está disponível em todos os postos SAC da capital e interior. Ao optar pelo RG Expresso, basta ir ao posto SAC só uma vez, apenas para receber o documento já pronto. Sem o RG Expresso, o cidadão precisa ir duas vezes ao posto SAC.   O RG Expresso é feito online, por meio do SAC Digital. O cidadão solicita pela internet ou pelo aplicativo, e depois agenda dia e horário para buscar o documento no posto SAC escolhido, após o pagamento da taxa de R$ 39,39. Para solicitar o RG Expresso é preciso que a carteira de identidade tenha sido emitida há seis anos, no máximo.   Vale salientar que o RG Expresso mantém a data de expedição da última via solicitada, além da data do novo pedido. O prazo máximo de recebimento é de cinco dias úteis na capital e sete no interior. Em Salvador, região metropolitana (RMS) e interior, todos os 36 postos SAC estão aptos a entregar o