Acumulados de chuvas em novembro em Salvador já ultrapassam 219% da média histórica

Nos primeiros 16 dias deste mês de novembro os acumulados de chuvas já ultrapassam 219% da Normal Climatológica para o período – 106,5mm, registrada pela Estação Pluviométrica do Inmet, instalada em Ondina. As informações foram divulgadas pela Defesa Civil de Salvador (Codesal). Neste período, os maiores acumulados de chuva foram: 264,6mm no Engenho Velho de Brotas, 254,8mm no Parque da Cidade, Pituba, 253,6mm em Brotas, 244,6 em Pituaçu e 233 mm em Ondina (estação de referência). 

 O órgão ressalta que este tem sido o novembro mais chuvoso dos últimos 10 anos, sendo superado apenas em 2011 quando choveu 319,2mm. As informações são do Centro de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil de Salvador (Cemadec). 

 Os maiores picos de chuva em 24h foram registrados no feriado da Proclamação da República, nesta segunda-feira (15), no Engenho Velho de Brotas (106,4mm), Brotas (104,8mm), Chapada do Rio Vermelho (97,8mm), Pituba - Parque da Cidade (91,8mm) e Ondina (82,4mm). 

 No período de uma hora, os maiores picos foram contabilizados no domingo (14), na Chapada do Rio Vermelho (48,6mm), Engenho Velho de Brotas (38mm), Brotas (36mm), Retiro (33,8mm) e Pituba - Parque da Cidade (33,4mm). 

 De acordo com a Codesal, as intensas chuvas ocorrem em função da atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), banda de nebulosidade persistente que produz grandes volumes de chuva, associada à Sistema Frontal (Frente Fria), ocasionando além das chuvas, trovoadas e rajadas de vento, com riscos para alagamentos e deslizamentos de terra. 

 O órgão acrescenta que a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) já indicava em janeiro a probabilidade de um novo evento de La Niña ao longo de 2021. O fenômeno no Brasil tem como padrão típico a ocorrência de chuvas acima da média nas Regiões Norte e Nordeste neste final de ano. 

 La Niña é um fenômeno oceânico-atmosférico caracterizado pelo resfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico Equatorial, sendo um evento com particularidades opostas ao El Niño. As Normais Climatológicas são médias de parâmetros meteorológicos computadas em um período de 30 anos consecutivos, obedecendo a critérios recomendados pela Organização Mundial de Meteorologia (OMM). No caso de Salvador, este padrão é determinado por medições realizadas nos últimos 30 anos pelo pluviômetro de Ondina, então o único existente na cidade. 

 VISTORIAS 

 A Codesal já realizou 288 vistorias entre 1º a 16 de novembro entre as quais ameaça de desabamento (51), ameaça de deslizamento (76), deslizamento de terra (30), orientação técnica (37), árvore ameaçando cair (25) e avaliação de imóvel alagado (34). A Codesal mantém plantão de 24h todos os dias da semana. Em caso de emergência disque 199. 
Fonte: Bahia Notícias



Nenhum comentário: