“Está tudo bem no Brasil”, diz Bolsonaro ao espalhar ‘fake news’ durante encontro do G20

 

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não deixou por menos a sua fama internacional e, durante conversa com líderes de outros países que participam do G20, encontro que reúne as 20 maiores economias do mundo, falou diversas mentiras sobre a situação do Brasil. 

 Em uma roda de conversa com Recerp Erdogan, primeiro-ministro da Turquia, e o vencedor das eleições e futuro primeiro-ministro da Alemanha, Olaf Scholz, que abandonou a conversa, afirmou, ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, e de Carlos França, Itamaraty, que a economia do Brasil está bem.

 “Está tudo bem [no Brasil]. A economia está voltando bem forte. A mídia como sempre atacando. Estamos resistindo bem”, declarou Bolsonaro. 

 Em outro momento, é questionado sobre os grupos opositores. O presidente, aos risos, responde que “não é fácil ser chefe de Estado em qualquer lugar do mundo”. 

 Em seguida a Petrobras vira pauta da conversa. “A Petrobras é um problema. Mas, nós estamos quebrando monopólio, uma reação muito grande. Até pouco tempo era uma empresa de um partido político (referindo-se ao PT)”, mente Bolsonaro. 

 Posteriormente, os jornalistas perguntam sobre a eleição de 2022. “Eu estou bem, eu tenho um apoio popular muito grande. Temos uma boa equipe de ministros. Não aceitei indicação de ninguém, fui eu que botei todo mundo e prestigiei as Foças Armadas, 1/3 dos ministros são militares”, afirma Bolsonaro. 
 Fonte: Agência Brasil


Nenhum comentário: