Sábado, 28 de Novembro de 2020
19 98191-2534
Cidades Esquerdistas

Paulo Silva fez reunião com deputada petista no Horto do Vergel

Partido dos Trabalhadores integra a base do candidato esquerdista

28/09/2020 17h33 Atualizada há 2 meses
Por: Da Redação Fonte: Raoni Zambi
Paulo Silva com a deputada petista Professora Bebel (Crédito: divulgação)
Paulo Silva com a deputada petista Professora Bebel (Crédito: divulgação)

O pré-candidato esquerdista de Mogi Mirim, Paulo Silva (PDT), fez uma reunião com a deputada estadual professora Bebel (PT), no Horto do Vergel, na manhã de domingo (20) da semana passada. 

No encontro, segundo pessoas que participaram do encontro, Paulo Silva fez elogios ao Partido dos Trabalhadores, disse que militantes do partido de Lula e Dilma Rousseff vão participar de seu mandato, caso eleito, e agradeceu a presença da petista, que está na legenda desde 1989. O presidente do PT de Mogi Mirim, Ernani Gragnanello, também estava na reunião. 

Bebel usava uma máscara de proteção do PT no evento. Ela respondeu questões de moradores e abordou o Projeto de Lei  529, que está prestes a ser votado, sobre a extinção do ITESP (Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo), cuja função é fiscalizar assentamentos e ocupações, como o Horto do Vergel. 

História

Paulo Silva, quando foi o Chefe do Executivo, facilitou a instalação de um acampamento do MST (Movimento dos Sem Terra) no Horto Vergel. Hoje, a região é conhecida por conta dos problemas sociais e frequentes casos violência, principalmente pela de falta de políticas públicas efetivas para as famílias que moram no local.

Na época da ocupação, em 1997, Paulo Silva estava no primeiro ano de mandato e havia sido eleito com apoio do PT (Partido dos Trabalhadores), que é um partido historicamente ligado ao MST.

Para a ocupação em Mogi Mirim, o MST trouxe famílias de regiões pobres de Sumaré e Hortolândia. 

O esquerdista facilitou a vinda do MST e colocou o seu governo à disposição do movimento. Diversos serviços públicos, da assistência social a ações da Secretaria de Agricultura, eram oferecidos aos trabalhadores rurais. 

Integrantes da administração, como o professor de história Massao Hito, faziam visitas frequentes ao acampamento.  Paulo Silva também mantinha contato direto com as lideranças do MST.

Atualmente, o PT também faz parte da base de Paulo Silva. O presidente local da legenda, Ernani Gragnanello, é um dos principais articuladores do médico na disputa à Prefeitura de Mogi Mirim. 

Questão ambiental

A área do Horto do Vergel tinha nascentes de água, vegetação e diversas espécies de animais nativos. O espaço era considerado o “pulmão verde” de Mogi Mirim. 

Com a chegada do MST, quase tudo foi destruído e o governo Paulo Silva tomava apenas medidas paliativas, com ajuda financeira, mas sem resolver de fato os problemas dos trabalhadores. Na prática, ele permitiu a degradação ambiental da área, no mínimo, por omissão, já que era o prefeito e tinha a obrigação de manter a região preservada. 

Como o assentamento não foi feito da forma correta, seguindo normas ambientais, o rastro de destruição ainda é muito grande.  As famílias que foram para a região até ainda sofrem com a falta de apoio dos governantes e, principalmente, por conta das promessas não cumpridas, feitas por Paulo Silva. 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Mogi-Mirim - SP
Atualizado às 13h11 - Fonte: Climatempo
32°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 34°

31° Sensação
9.4 km/h Vento
33.2% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (29/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Segunda (30/11)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 36°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Mais lidas